quarta-feira, 11 de maio de 2011

Policial francês acusado de racismo contra jornalista


Um policial da segurança de Paris, na França, é acusado pela Associação dos Jornalistas de TV de racismo contra a repórter Florice Houngbo, da emissora TF1, informa o site do jornal Le Monde.

Ele teria insultado a jornalista, enquanto esta cobria a execução de uma ação para reintegração da posse de um prédio no centro de Paris, na última quarta-feira (4). 

A repórter identificou-se como jornalista ao oficial, e pediu para acessar o local. O oficial, cujo nome não é divulgado, negou-lhe o acesso, apesar de outros jornalistas conseguirem passar. Ele perguntou em que emissora ela trabalhava, a que ela respondeu que seria na "TF1". 
"Oh, bem, desde quando eles trabalham com os negros?" perguntou-lhe o policial. Ela não reagiu, continuou seu trabalho e depois informou ao seu chefe na emissora.

A atitude do policial foi condenada por representantes da Associação e da emissora que pediu ao ministro do Interior, Claude Guant, a abertura de um inquérito para investigação e o afastamento do policial.

Contatados pela agência Associatde rance Presse (AFP), a secretaria responsável por gerir a policia na capital francesa, afirmou que não foi iniciada uma investigação, mas caso comprovado o envolvimento de um de seus policias, "vão tirar a limpo todas as conseqüências".

Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais.

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Queremos saber sua opinião, então, fique à vontade e comente.