quinta-feira, 21 de abril de 2011

Depois de 150 dispensas, presidente da Cultura não prevê mais demissão em massa

O presidente da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura, João Sayad afirmou que não planeja fazer novas demissões no canal e que o excesso de funcionários e falta de equilíbrio do orçamento da emissora, não existe mais. O executivo, porém, admitiu que alguns ajustes poderão ser feitos após a reunião de planejamento estratégico da empresa, que será realizado em julho ou agosto deste ano.

Em fevereiro de 2011, com a alegação de redução de custos, a Fundação Padre Anchieta demitiu 150 profissionais, mas Sayad informou que demissões em massa não devem ocorrer novamente. “Não estamos prevendo nenhuma demissão em massa”, revelou o ex-secretário de cultura do estado de São Paulo, em entrevista coletiva realizada na terça-feira (12/4), durante o lançamento da nova programação da TV Cultura.

Sayad, entretanto, não considerou absurda as 150 demissões. Para o executivo, as mudanças acontecem de forma natural, não apenas na televisão brasileira, mas em qualquer empresa. “É uma reestruturação contínua”, declarou. 



Fonte: Comunique-se 
Temos como intuito postar notícias relevantes que foram divulgadas pela mídia e são de interesse do curso abordado neste blog. E por isso esta matéria foi retirada na íntegra da fonte acima citada, portanto, pertencem a ela todos os créditos autorais.  

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Queremos saber sua opinião, então, fique à vontade e comente.