sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Pesquisa busca identificar tendências profissionais na área de comunicação

Em parceria com a Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom), o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) lançou o projeto Panorama Brasileiro de Comunicação, com o objetivo de produzir um estudo profundo sobre o perfil da comunicação social no Brasil nestes primeiros dez anos do século 21. O grupo de pesquisa MID - Mídias Interativas Digitais, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) é um dos selecionados neste projeto.

Nesta pesquisa do Ipea, o grupo MID - pertencente ao diretório de grupos de pesquisa do CNPq - está investigando sobre as tendências profissionais e ocupacionais. Os outros três grupos de pesquisa envolvidos no projeto estão estudando o estado do conhecimento, indústrias criativas e de conteúdos digitais e o perfil nacional.

Com a disseminação das mídias digitais, a área da Comunicação entra em um novo momento de transição e deve traçar políticas públicas para o desenvolvimento da área. Sem um diagnóstico das categorias profissionais e da oferta de formação necessária para o desenvolvimento das habilidades requeridas por esse novo mercado de trabalho não será possível ao país organizar-se e decidir sobre investimentos. A coleta de dados a partir dos profissionais atuantes no mercado auxiliará a compreensão das relações da comunicação com a construção da autonomia, com atores sociais, com a dimensão sociopolítica da questão e com os outros elos da conjuntura.

Questionário e informações
Um dos métodos de coleta de dados dessa pesquisa é a aplicação de um questionário direcionado aos profissionais que atuam na área da comunicação, em toda a sua diversidade de ações e finalidades, ainda que não possuam formação específica na área da comunicação social. A pesquisa quer identificar a forma como os profissionais caracterizam suas atividades e seu trabalho, tanto as atividades consideradas tradicionais como as áreas emergentes da comunicação, onde atuam profissionais autodidatas.

Coordenadora do grupo de pesquisa MID, a professora Andréa Ferraz Fernandez, pede a colaboração de todos para se obter um retrato das profissões e ocupações da Comunicação no Brasil. O acesso ao questionário e o projeto de pesquisa completo é feito pelo blog www.tendenciasprofissionais.wordpress.com. Para esclarecer dúvidas ou obter outras informações, os interessados podem entrar em contato com a equipe MID pelo e-mail mid@ufmt.br.

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Queremos saber sua opinião, então, fique à vontade e comente.