segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Brasil Econômico encerra suplemento cultural Outlook

A partir deste último sábado (06), deixa de circular o suplemento cultural do jornal Brasil Econômico, o Outlook.O anúncio, segundo o Jornalistas & Cia, teria sido feito pelo diretor de redação da publicação, Ricardo Galupo, por meio de mensagem interna distribuída na última segunda feira (01). 

O diretor escreveu que "foi uma decisão difícil, porém amadurecida pela necessidade de concentrarmos nossos esforços editoriais naquilo que é a essência deste diário: o jornalismo de negócios e economia de qualidade".

"Sentiremos a falta do Outlook mas procuraremos compensar sua ausência com o jornalismo dinâmico, independente e de profundidade que tem sido a nossa marca em nosso primeiro ano", afirmou Galuppo.

Com a extinção do suplemento, deixam o jornal a editora-executiva Phydia de Athayde, a editora Cristina Ramalho e os repórteres Gabriel Penna, Natália Mazzoni  e Luiz Henrique Ligabue. Apenas a repórter Daniela Paiva permanece no Brasil Econômico.

Mesmo triste por "ter que abandonar um projeto tão bonito, tão vitorioso, tão prestigiado e elogiado dentro e fora daqui", Phydia agradece Galuppo, "por nos proporcionar um ambiente com total liberdade de criação. Ter espaço para criar, ousar e inventar é infelizmente algo raro em nossa profissão, e graças a isso hoje saímos daqui com muito orgulho do que deixamos no acervo do jornal. Cada uma das 56 edições foi feita com enorme carinho e verdadeira obsessão pelo melhor jornalismo".

Fonte: Portal da Imprensa

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Queremos saber sua opinião, então, fique à vontade e comente.