quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Google tem novas ferramentas para pesquisa jornalística

O Google está agora revolucionando ferramentas que podem ser usadas por jornalistas para simplificar e melhorar a reportagem. Para cada aplicativo gratuito, os usuários devem ter um cadastro Google.

Google Voice: permite que os usuários escolham um novo número de telefone que consolida quaisquer números telefônicos existentes, incluindo celular, linha regular e VOIP em um só numero. Os usuários podem selecionar o código de área desejado e incluir seu próprio nome ou palavra como “notícia” ou “dica” no número.

iGoogle: ferramenta Google relativamente padrão, ampliou o número de suas funções. Os usuários podem criar esta homepage e adicionar um número de novas ferramentas úteis como o Google Translate, um conversor de unidade e moedas e um buscador de pessoas para endereço e telefone. A página também agrega os feeds de RSS selecionados pelos usuários.

Google Alerts: pode ser utilizado para achar novas matérias, checar a popularidade de matérias atuais e seguir o desenvolvimento de notícias. O Google Alerts rastreia uma variedade de fontes na Internet, incluindo blogs, com uma variedade de opiniões e informação sobre um tópico. Para pesquisas mais exclusivas, o Advanced Google Alerts podem limitar pesquisas por domínio ou site específico.

Google Trends: separa os padrões de busca de todos os usuários do Google, colocando tópicos populares nas pontas dos dedos dos jornalistas.

Google também tornou mais fácil apurar matérias e facilitou a pesquisa necessária por tópicos. Pesquisas específicas são completadas mais rapidamente com Google Chrome, que inicia e carrega aplicativos da Web de maneira mais eficiente que outros navegadores e permite fazer pesquisas diretamente na barra de navegação.

Informações reproduzidas do portal da Rede de Jornalistas Internacionais – IJNet, onde se poderá ler a matéria na íntegra com os links para as ferramentas anunciadas.

Artigos Relacionados

0 comentários:

Postar um comentário

Queremos saber sua opinião, então, fique à vontade e comente.